Alergenicidade: Elevada
Taxa / Taxon
Betula alba L., Alnus glutinosa (L.) Gaertn
Família
Betulaceae
Nome comum
Vidoeiro, Bétula (Betula), Amieiro (Alnus)
Forma
O grão de pólen de Betula é triangular de lados convexos e ângulos obtusos (visão polar) e elíptico (visão equatorial); o grão de pólen de Alnus é pentagonal ou hexagonal com lados convexos e ângulos obtusos (visão polar) e rectângular convexo (visão equatorial)
Tamanho
20 – 25 µm (pequeno)
Biologia / Ecologia
É uma família que agrupa mais de uma centena de espécies que se distribuem basicamente nas regiões temperadas do hemisfério norte.
Características
O pólen de Betula é trizonoporado, os póros são salientes, com anuli em redor dos póros (espessamento da exina na zona do póro) e com a presença de vestibulum; o pólen de Alnus é estefanoporado (4,5 póros) com anuli e arci a ligarem os póros entre si.
Período de polinização
Betula: Abril-Maio Alnus: Janeiro-Março
Polinização
Anemófila e entemófila
Comentários
As diferentes espécies de Bétula têm grãos de pólen com morfologia muito semelhante.

Previsão da concentração de Betulaceae em Portugal Continental

2017-11-17 a 2017-11-23

Bétula

SOBRE A SPAIC

Fundada em 1950, a SPAIC é a maior associação científica nacional que agrega especialistas médicos (Imunoalergologistas), investigadores e técnicos dedicados ao estudo da alergia, asma e imunologia clínica, organizando e patrocinando regularmente uma gama alargada de programas de formação e desenvolvimento profissional nestas áreas.

Ler mais

PESQUISAR HISTÓRICO

Pode consultar neste site o Boletim Polínico de cada semana, desde 20 Março de 2006. 

Todos os Boletins contêm dados por região, e as concentrações por tipo de pólen.

Ler mais

RECOMENDAÇÕES AO DOENTE

Consulte o Boletim Polínico, disponível todo o ano neste site, e na Primavera também em alguns meios de comunicação social, para saber as concentrações dos pólenes no ar ambiente (baixas/moderadas/elevadas).

Ler mais